Mochilão pelo mundo"> Mochilão pelo mundo">

Agora é à vera — por que decidimos fazer um mochilão pelo mundo

Ter um horizonte de possibilidades pode ser assustador num mundo que prioriza muito a estabilidade. Para nós, entretanto, é motivador. Foi por isso que decidimos colocar a mochila nas costas e ir atrás do que nos motiva. Venha conhecer o mundo de carona junto com a gente!

Se você chegou até aqui é porque certamente a ideia de “largar tudo” já rondou pela sua cabeça. Por isso, a gente te convida a mergulhar nesse novo mundo que, apesar das incertezas, é extremamente motivante!

Até maio de 2016 éramos um casal normal, ou melhor dizendo, convencional – normal nunca fomos. E apesar de novos, já tínhamos começado a traçar o caminho que seguiríamos. O mesmo caminho a ser percorrido por milhares de outros jovens. Não que isso seja ruim, mas percebíamos que não era pra gente.

O Yuri, com seu estável cargo público, e eu, com um promissor plano de carreira em um Banco de Investimentos.

Tínhamos tudo para continuar por esse trajeto, a zona de conforto é um lugar maravilhoso, pena que nada cresce lá. Batíamos cabeça, por muitas vezes, para tentar decidir se queríamos trilhar essa história cujo o final — que poderia até ser feliz — já conhecíamos.

Não sei se você percebeu, mas decidimos que não! rs

Vocês são loucos?

Acho que essa foi a pergunta que mais escutamos desde que divulgamos o nosso projeto. Inclusive, nós mesmos vivemos nos perguntando isso rs. E essa pergunta fica fortalecida pelo fato de não sermos de uma família rica e também não termos uma boa quantia de dinheiro guardada. Sim, estamos indo contra as estatísticas.

E isso tudo só é possível, ou melhor, só vai ser possível porque a gente não está deixando nossos trabalhos apenas para viajar por um tempo e depois voltar para nossas rotinas convencionais. Estamos realmente buscando mudar o nosso estilo de vida, tanto pessoal quanto profissional. Engana-se quem pensa que não iremos mais trabalhar, me permito dizer que é bem provável que trabalhemos até mais. Só que no nosso tempo, na nossa vontade e de diferentes lugares mundo afora.

Pra quem também tem esse desejo de dar uma reviravolta na vida, mas se encontra na mesma situação que a gente —  ou seja, com pouco dinheiro —, aconselho acompanhar as nossas postagens, pois vamos dividir todo nosso dia a dia como nômades digitais, com todas as nossas dificuldades e conquistas.

Se achar que esse estilo de vida não é para você, mas viajar e conhecer novos lugares é sempre uma prioridade, saiba que paralelamente à nossa vida de nômades digitais, vamos compartilhar todas as dicas de hospedagens, passeios, restaurantes e toda a sorte de coisas boas que encontrarmos pelo caminho.

É preciso coragem

Não é fácil!

Apesar de estar convicta de querer dar esse passo, essa fase não é nada fácil. E agora falo por mim: estou hiper sensível, choro por tudo e qualquer coisa — sem exageros. Estamos abdicando de inúmeras coisas importantes em nossas vidas — família, amigos, equipes de handebol, empregos estáveis — em detrimento de colocar uma mochila nas costas e desbravar o mundo.

E o que nos mantém firmes nesse momento é todo o carinho dispensado pelos nossos familiares, que apesar de todas as preocupações, nos incentivam a ir em busca desse nosso projeto de vida.

Aproveitando o parágrafo, me arrisco a dizer que boa parte dessas pessoas que colocam a culpa no dinheiro, ou na falta dele, para justificar a sua inércia em mudar para algo novo, na verdade, o que lhes falta mesmo é coragem.

Mudar dá trabalho. Dá medo. Te deixa inseguro.

Ter um horizonte de possibilidades pode ser assustador em um mundo que prioriza muito a estabilidade. Para nós, entretanto, é motivador.

Não queremos com esse texto, e nem mesmo com o blog, ditar regra de que a felicidade está em largar tudo e sair pelo mundo. Queremos te encorajar, apenas, a sair da zona de conforto – e isso não é necessariamente jogar tudo para o alto.

Reta final

Estamos nos ajustes finais para a nossa expedição em busca de um novo estilo de vida. Tá sendo uma verdadeira correria. Precisamos tomar as vacinas, nossos passaportes não ficaram prontos e ainda faltam alguns equipamentos a serem comprados.

Tá tendo frio na barriga sim. Tá tendo chororô sim. A ficha está realmente começando a cair.

Esse passo que estamos dando será um divisor de águas em nossas vidas. Sabemos que não será um mar de rosas e, quer saber, tudo bem, porque a vida é assim. Mas se tivermos gente caminhando com a gente, mesmo que de longe, fica muito mais fácil enfrentar os percalços do caminho e por isso queremos pedir a vocês, do fundo dos nossos corações — fazendo a fofa — para que deixem aqui as suas energias positivas para nossa viagem! Vamos precisar!

Vejam abaixo o vídeo que fizemos e aproveitem para se inscrever no nosso canal!



  • Tamires Gama

    Já deu tudo certo, Ju!!! Pode ter certeza que farão mt falta pra FAF, como pessoas e como os atletas maravilhosos que são, mas nós estaremos sempre torcendo por vcs e enviando mesmo que de longe, sempre muita energia positiva pra vcs!!! Já quero ver esse blog bombando!!! Bjs

    • Juliana Noronha

      Muuuuito obrigada! ♥
      A FAF também vai fazer muita falta pra gente.
      Trate de trazer o ouro nos jogos de novembro. 🙂

    • Juliana Noronha

      Muuuuito obrigada! ♥
      A FAF também vai fazer muita falta pra gente.
      Trate de trazer o ouro nos jogos de novembro. 🙂

  • Natacha

    Desejo muita luz nessa nova jornada de tantas incertezas, mas também que já promete ser fantástica! Que cada dia seja de incríveis descobertas, novos caminhos!Muita sorte e força para vocês!!E todos estaremos daqui enviando muitas energias positivas, carinho e acompanhando cada passo novo!!! Um beijo enorme em seus corações!!!

    • Juliana Noronha

      Obrigadaaaa, Natacha!!
      São com mensagens desse tipo que conseguiremos enfrentar qualquer obstáculo.
      Muito obrigada mesmo!
      Beijão!

  • Juliana Noronha

    Obrigada!!! *-*
    Um beijo!

  • Marcia Queiroz

    Parabéns pela coragem! A vida vai recompensá los em dobro.

  • Daiane Domingos

    Amei a história de vcs, meu sonho viver o que estão vivendo. Eu só n entendi com o que especificamente vocês estão trabalhando para poder prosseguir e se manter nessa viagem, gostaria se possível de ter mais informações,para que eu possa também colocar em prática esse meu sonho, grande beijo!

  • PASSAREDO

    Invejo a coragem de vocês! Sempre tive esse espírito, mas sempre faltou a coragem. Que Deus os proteja sempre, onde quer que estejam! Felicidades!

    • Muito obrigado pelo comentário e pelas palavras! Desejamos o mesmo pra você!
      E sim, coragem é o mais importante, mais até do que dinheiro hahahahaha mas nunca é tarde para arriscar, não?