10 motivos (em fotos) para você conhecer a Patagônia

Não que precise de motivos para conhecer a Patagônia, mas aposto que após ler esse post você vai desejar esse destino incrível. Resumimos nossa passagem em 10 maravilhosas fotos

Desde de o início, nunca tivemos um planejamento para a nossa viagem. Estamos, a grosso modo, deixando a vida nos levar. E nesses quase 6 meses de viagem conhecemos lugares incríveis. No entanto, uma área em especial ganhou o nosso coração: a Patagônia.

Tanto na Argentina quanto no Chile, a patagônia te presenteia com paisagens únicas e inesquecíveis. Desde de então, quando alguém me pergunta dicas de destino para fazer uma viagem, elas estão na ponta da minha língua.

Posso afirmar que, depois desse post, você também vai querer incluir esses destinos em seu próximo roteiro.

Puerto Madryn

A nossa porta de entrada na patagônia foi Puerto Madryn, mais conhecida como a Patagônia dos Bichos. Dependendo da época, é possível ver baleia, orca, golfinho, elefante marinho, pinguins e ainda fazer snorkeling com lobos marinhos.

Nós chegamos até ela de trem + ônibus. No entanto, pode facilmente complementar uma viagem a Buenos Aires, já que possui aeroporto tanto em Puerto Madryn quanto na sua vizinha Trelew.

Fizemos todos os passeios com a Flamenco Tour e ficamos hospedados no HiPatagônia Suítes.

1. Observação de Baleias

O que fazer em Puerto Madryn - Observação de baleias

O que fazer em Puerto Madryn – Observação de baleias

2. Snorkeling com Lobos Marinhos

Snorkeling com lobos marinhos em Puerto Madryn

Snorkeling com lobos marinhos em Puerto Madryn

3. Pinguinera Punta Tombo

pinguim-de-magalhaes

Pinguim de Magalhães

Ushuaia

A cidade mais austral do nosso continente era o nosso primeiro grande objetivo. Convenhamos, qual viajante não sonha chegar até o fim do mundo? Nossa passagem foi bem mais rápida do que gostaríamos, mas aproveitamos para fazer passeios fora do óbvio.

Se você também curte paisagens singulares e uma boa caminhada, incluir os trekkings até a Laguna Esmeralda e ao Glaciar Vinciguerra e Laguna de Los Tempanos é quase que uma obrigação.

É possível chegar em Ushuaia de ônibus e carro, vindo de Rio Gallegos, ou de avião. O aeroporto da cidade fica bem próximo, menos de 20 km de distância.

Fizemos os dois trekkings com a equipe do Brasileiros em Ushuaia e nos hospedamos na Cabanas Aldea Nevada

4. Glaciar Vinciguerra

Glaciar Vinciguerra e Laguna de los Tempanos

Glaciar Vinciguerra e Laguna de los Tempanos

5. Laguna Esmeralda

Laguna Esmeralda - Braileiros em Ushuaia

Laguna Esmeralda – Braileiros em Ushuaia

 Torres del Paine

Impossível conhecer Torres del Paine e não se apaixonar. Tanto é que se tornou um dos parques mais visitados do Chile.  Lá tem de tudo, mochileiro bem roots, a galera que gosta de trilha, mas também quer conforto e a elite nos luxuosos hotéis. Não importa o seu estilo, Torres del Paine tem todos #renner.

Nós fizemos o circuito completo e posso afirmar: foi como matar um leão por dia. Como mencionei no meu relato sobre essa travessia, é uma experiência única. Não só pelas paisagens, que de fato são incríveis, mas pela superação.

Dependendo da sua intenção, essa visita pede um pouco mais de planejamento. Por isso compartilhamos aqui tudo o que levamos para Torres del Paine e quanto nos custou.

Não é necessário um guia para fazer as trilhas, pois são bem sinalizadas. No dias que antecederam o trekking ficamos hospedados na Cabana Quijote Patagônico ( a dona é uma das pessoas mais encantadoras que conhecemos na viagem).

6. Base de Las Torres

Mirador Base de las Torres

Mirador Base de las Torres

7. Mirador Vale Francés

Mirador Vale Francês

Mirador Vale Francês

El Calafate

Chegar em El Calafate foi como nos sentir no Brasil, tão grande era a concentração do nosso idioma — tá, exagerei um pouco. Não à toa esse espetáculo da natureza tem conquistado cada vez mais brasileiros — o mundo todo, na verdade.

São 5 km de extensão e cerca de 70 m de altura acima do nível da água — em sua totalidade chega a aproximadamente 170 m — desse grande bloco de gelo. Contudo, o que impressiona mesmo são suas estrondosas rupturas. Para quem visita apenas pelas passarelas, sentar em um dos bancos do “camarote” e aguardar seus desmoronamentos é a principal atração.

No entanto, se você tem um orçamento com um pouco mais de folga, vale super a pena contratar o passeio do trekking no gelo.

8. Glaciar Perito Moreno

glaciar-perito-moreno-el-calafate

Glaciar Perito Moreno

El Chaltén

Primeiro aviso: se puder, escolha esse destino para a sua próxima viagem e conheça uma cidade com a sua beleza ainda em estado bruto. El Chaltén é uma cidade super novinha, mas já tem caído no gosto dos turistas. Tudo lá é bem simples e desacelerado.

Muitas pessoas fazem um bate e volta desde El Calafate para conhecer esse paraíso do trekking na Argentina. A trilha mais famosa e procurada é a que leva ao pés do imponente Monte Fitz Roy e sua incrivelmente azulada lagoa. E como bônus, é possível caminhar mais alguns metros até a Laguna Sucia e levar outra surra de cor azul.

A melhor opção, se você estiver em El Calafate, é alugar um carro, principalmente se você estiver com mais de uma pessoa. Isso porque o ônibus é caro e o trajeto curto e bem asfaltado. Ou seja, não vale muito a pena. Só uma observação: reserve o seu carro com antecedência, porque a cidade é bem concorrida. Quando fui, as reservas estavam esgotadas para as próximas duas semanas. Isso porque procurei em locadoras grandes como Localiza e Hertz.

Dica: se você reservar o seu carro através desse link, vai ficar livre do IOF, conseguirá parcelar em 12x e ainda ajudará o Para Onde Fomos. 😀

9. Monte Fitz Roy e Laguna de Los Tres

Laguna de los Tres e Monte Fitz Roy

Laguna de los Tres e Monte Fitz Roy

10. Laguna Sucia

Laguna Sucia - El Chalten

Laguna Sucia – El Chaltén

Já conheceu algum destino na patagônia (chilena ou argentina)? Compartilhe com a gente qual é o seu destino favorito!

Está planejando uma viagem? Fizemos uma planilha totalmente automatizada exclusivamente para auxiliar nossos leitores com o planejamento dos seus custos. Baixe agora a sua planilha!



  • Que post completinho! Acho que foi o melhor que li até o momento sobre a Patagônia, parabéns! Que sonho assistir as baleias e outros animais marinhos (principalmente, livres das garras humanas.. kkk).. Amei as dicas das agências que prestam serviço na área, muito importante para nós, marinheiros de primeira viagem.

    • Juliana Noronha

      Que bom, Dani!! Fico muito feliz! 🙂
      Sem dúvidas, é uma experiência incrível e que super recomendo!
      Beijos!!

  • Aninha Lima

    Oi, as fotos estão mega profissionais! Parabéns! Como deve ser isso de snorkel numa água tão gelada? Acho que não teria coragem. Vcs fizeram um passeio sensacional. Patagonia eh um sonho que quero realizar ainda antes de ir à Europa!!

    • Juliana Noronha

      Obrigada!! 🙂
      Sim, a água é geladíssima, mas a empresa fornece duas camadas de roupa de neoprene bem apertadinha. Ou seja, a ação da água é mínima.
      Patagônia é incrível!! Não deixe de ir! Você vai amar! ♥

  • Juliana Noronha

    ai, gente… que pecado isso 🙁
    Fica aí então mais um motivo para voltar! ♥

  • Juliana Noronha

    Esses lugares são incrivelmente lindos ♥ ♥
    No Chile, Torres del Paine ganhou o nosso coração pela superação que foi a trilha.
    Mais próximo a Santiago, temos Pucon, uma cidadezinha encantadora que tem como maior atrativo a subida até o cume do ativo vulcão Villarica! ♥♥♥

  • Juliana Noronha

    Sonhooooo em conhecer a Noruega!! ♥♥♥

    Tenho certeza que você vai amar. Um lugar mais encantador do que o outro!